Photoday #80 - Sarah Abraham
Sarah começou a fotografar com filme ainda muito jovem, aos 9 anos quando seus pais compraram sua primeira câmera. Enquanto os anos progrediram, a fotografia digital se tornou a norma e ela deixou de lado suas câmeras “infantis” e obsoletas, para redescobri-las anos mais tarde.
Segundo ela, há algo de inegavelmente satisfatório sobre o filme, o clique alto, o toque no seu polegar enquanto avança o filme, e o fato de saber que só tem uma chance para tentar o resultado desejado.

Esta é Sarah:

Aqui sua foto favorita. Ela conta que foi a primeira foto tirada com filme que gostou e por isso tem um significado espedial; mostrar que tinha chance com fotografia em filme.

Mais informações e fotos no Flickr da moça.
Por Anderson Tomazi

Photoday #80 - Sarah Abraham

Sarah começou a fotografar com filme ainda muito jovem, aos 9 anos quando seus pais compraram sua primeira câmera. Enquanto os anos progrediram, a fotografia digital se tornou a norma e ela deixou de lado suas câmeras “infantis” e obsoletas, para redescobri-las anos mais tarde.

Segundo ela, há algo de inegavelmente satisfatório sobre o filme, o clique alto, o toque no seu polegar enquanto avança o filme, e o fato de saber que só tem uma chance para tentar o resultado desejado.

Esta é Sarah:

Aqui sua foto favorita. Ela conta que foi a primeira foto tirada com filme que gostou e por isso tem um significado espedial; mostrar que tinha chance com fotografia em filme.

Mais informações e fotos no Flickr da moça.

Por Anderson Tomazi